Como evitar penalidades do Google em seu site
Tecnologia

Como evitar penalidades do Google em seu site

O Google possui dois tipos de penalidades que podem prejudicar o seu site. Eles são chamados de penalidades algorítmicas e penalidades manuais (ou “ações manuais” do Google). As penalidades algorítmicas são automáticas e ocorrem como resultado dos algoritmos do Google. Eles geralmente são causados ​​pelo Google panda [1] ou Google Penguin [2] por causa do conteúdo de baixa qualidade, conteúdo duplicado e / ou a presença de muitos links suspeitos apontando para o seu site. O Google quer “limpar” a web com base nessas duas atualizações e outros critérios.

Quanto às penalidades manuais, elas ocorrem como resultado de uma revisão manual de seu domínio realizada por um especialista do Google. Essas punições tendem a minimizar a eficiência de um site e podem até mesmo fazer com que ele desapareça em consultas específicas aos internautas. O Google favorece sites que possuem características precisas e positivas, como a velocidade de seu tempo de carregamento, o tamanho de suas imagens otimizadas, etc.

O Google diminui a visibilidade de sites que são menos visualizados favorável com base nas penalidades que eles adquirem como resultado de penalidades manuais e algorítmicas que um site pode receber. Portanto, para manter a visibilidade nos resultados do mecanismo de pesquisa, você deve fazer tudo para evitar essas penalidades. Para verificar se o seu site foi punido manualmente ou não, basta visitar sua conta das Ferramentas do Google para webmasters. Para evitar penalidades, segue abaixo um guia útil e essencial para garantir o posicionamento do seu site nos resultados de pesquisa.

Prevenção de penalidades do Google

Google Panda e Google Penguin estão mais preocupados com o bem práticas em SEO. Na verdade, o Google Panda, publicado em 2011, penaliza a experiência do usuário ruim, como atrasos no carregamento de um site, altas taxas de rejeição, erros 404 e, claro, conteúdo duplicado. Já o Google Penguin, que foi criado em 2012, penaliza técnicas de spam, ou seja, a qualidade das âncoras de link, o número de links recebidos de um site de referência suspeito, a natureza e a origem dos links, etc.

O resultado final é que conteúdo de qualidade é fundamental. Quando quiser otimizar seu site para SEO, você terá que levar em consideração o Google Penguin e o Google Panda para aderir às diretrizes do Google e manter a classificação e a visibilidade do seu site.

O conteúdo é rei no SEO, então você deve dar muita importância a estes fatores:

  • O conteúdo deve ser único.
  • A linha editorial deve ser clara e coerente .
  • Artigos ou páginas não devem ser superotimizados.
  • Conteúdo gerado automaticamente é proibido.
  • Saiba que você deve escrever seu conteúdo principalmente para usuários antes até mesmo pensando nos motores de busca.

Operando um site de qualidade

Possuir e operar um site de qualidade é tão simples quanto adotar uma arquitetura clara e prestar atenção ao interno para que você não duplique o conteúdo. Os links podem fazer ou quebrar seu site. O netlinking é uma ótima maneira de obter links de qualidade em seu site, mas tome cuidado para evitar abusos para tentar permanecer natural com as diretrizes do Google. Limite o número de links por página, sejam internos ou externos. Quanto às campanhas de backlinks, você deve espalhá-las por um longo período de tempo para evitar obter links ao mesmo tempo, pois isso pode parecer suspeito.

A maioria dos links para o seu site deve ser de sites com o mesmo tema. Não otimize excessivamente as âncoras para SEO. Você deve variar as âncoras em frases longas e não necessariamente na palavra-chave principal do seu site. A lista do que fazer para evitar as penalidades do Google não é exaustiva como parece. A coisa mais importante a lembrar é não trapacear para subir na classificação do site por meio de métodos desagradáveis.

Comportamentos a evitar para boas práticas de SEO

Como todos vocês sabem agora, a maioria dos comportamentos proibidos no SEO são práticas proibidas pelo Google e pelos quais o Google irá penalizá-los se você os usar. Aqui estão alguns exemplos de práticas que devem ser evitadas para manter boas práticas de SEO [3] que não serão sinalizadas pelo Google. Essas práticas são mais comumente conhecidas como Black Hat SEO:

  • Cloaking, ou geração, de conteúdo HTML diferente, dependendo se é um usuário ou um mecanismo de pesquisa que o acessa
  • Duplicar conteúdo ou copiar e colar uma página já existente
  • Comentários de spam
  • Otimização excessiva de palavras-chave
  • Compra de links de entrada de baixa qualidade

Existem muitas outras práticas que são consideradas Black Hat SEO, mas essas foram apenas algumas das mais comuns que colocarão seu site em apuros com o Google se descobrirem com seu manual ou algoritmo penalidades. Obtenha sua classificação da maneira certa e desenvolva um site de qualidade onde seu conteúdo é fundamental para estabelecer SEO.

Crédito da foto em destaque: Business Insider via businessinsider.com

Referência> < td> [3]

[1]

^

https://en.wikipedia.org/wiki/Google\_Panda

[2]

^

https://en.wikipedia.org/wiki/Google\_Penguin

^

seo services: http://www.seoservicesusa.co/chicago-seo-services